Fale Conosco
55 (11) 3284 9500
jobeconomia@jobeconomia.com.br
Acesso Cliente
 
JOB na Mídia
 
   
  Reuters
08/02/2012
Passagem

Os estoques de álcool são suficientes para três meses na região centro-sul, tomando como base a utilização do volume de dezembro. A passagem para a nova safra vai ser tranquila.

Suficiente

No ano passado, o volume era suficiente para apenas dois meses nesse mesmo período. A avaliação é de Júlio Maria Borges, da JOB Consultoria.


Safra de cana-de-açúcar pode bater previsões 

O cenário de produção de cana deste ano pode não ser tão complicado como previsto até então. "O pessimismo pode ser uma surpresa de difícil avaliação", diz Julio Maria Borges, da JOB Economia e Planejamento Ltda.

O cenário pessimista para a safra 2011/12 será moagem de 540 milhões de toneladas. Borges acredita, no entanto, que a moagem fique entre esse volume e as estimativas iniciais de 565 milhões.

Ele tem vários argumentos para acreditar que a safra ainda terá surpresas positivas pela frente. Se estiver correto, o setor terá alívio no até então difícil abastecimento de açúcar e de álcool.

Os números atuais da safra são inferiores aos da anterior porque houve um atraso na moagem. A do ano passado foi mais veloz porque o clima seco no outono e inverno favoreceu a industrialização, mas reduziu o rendimento agrícola. Neste ano, a safra poderá terminar mais tarde do que a anterior.

O atraso atual corresponde a menos de uma quinzena de produção, um período perfeitamente recuperável.

Borges relembra, ainda, avaliação da Somar Meteorologia. Sem geadas e com clima seco, as lavouras de cana elevam a produtividade. "É cedo, portanto, para afirmarmos a ocorrência de quebra significativa no centro-sul".

Antonio de Padua Rodrigues, da Unica, entidade que prevê moagem inferior à da JOB, diz que "estamos sendo otimistas e conservadores em nossos números". O diretor da Unica afirma, no entanto, que o cenário atual impõe um desafio a qualquer previsão.

Os próximos três meses serão decisivos na avaliação. 

 
 
 
 
 
 
Nome
Cidade
 
 
E-mail
 
Onde nos conheceu?
 
 
   
 
 
55 (11) 3284 9500 / jobeconomia@jobeconomia.com.br / skype: job.escritorio
JOB Economia desde 1994. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização. Criado por DRW Integrada
 
Institucional
Produtos
Serviços
Contato
Redes Sociais