Fale Conosco
55 (11) 3284 9500
jobeconomia@jobeconomia.com.br
Acesso Cliente
 
JOB na Mídia
 
   
  Reuters
10/12/2011
Uberaba tem o posto com o litro do álcool mais caro do Brasil
Por Helenice Laguardia

O diretor da Job Economia e Planejamento e consultor em cana-de-açúcar, Júlio Maria Borges, disse que em Minas Gerais é inviável abastecer com etanol por causa do ICMS, o imposto estadual cobrado no combustível, que é um dos mais caros do país. Em Minas Gerais, a alíquota de ICMS para o etanol é de 22%. Em São Paulo, por exemplo, a alíquota é de apenas 12%.

"Minas Gerais já não consome etanol. Com o ICMS mais caro, o etanol em Minas é inviável há muito tempo. O consumidor mineiro já está usando gasolina prioritariamente há muito tempo", disse Borges.

Os valores médios do etanol hidratado subiram em postos de 12 Estados brasileiros e no Distrito Federal esta semana. Mas houve ainda queda nos preços do álcool combustível em 11 Estados, nove deles no Norte e Nordeste.

O consultor em cana-de-açúcar, Júlio Maria Borges, disse que a partir de abril do ano que vem deve haver uma mudança gradual e lenta. "A próxima safra 2012/2013 será possivelmente grande com crescimento de 10% a 12% na moagem de cana, repetindo possivelmente a safra de 2010", afirmou Borges.

Para o consultor, houve aumento da área plantada e renovação do canavial e é difícil ter a repetição de um clima adverso por dois anos seguidos. "O preço do etanol vai ficar mais competitivo, mas preços baixos como ocorriam no passado não vamos mais ter", disse.

 
 
 
 
 
 
Nome
Cidade
 
 
E-mail
 
Onde nos conheceu?
 
 
   
 
 
55 (11) 3284 9500 / jobeconomia@jobeconomia.com.br / skype: job.escritorio
JOB Economia desde 1994. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização. Criado por DRW Integrada
 
Institucional
Produtos
Serviços
Contato
Redes Sociais