Fale Conosco
55 (11) 3284 9500
jobeconomia@jobeconomia.com.br
Acesso Cliente
 
JOB na Mídia
 
   
  Reuters
08/11/2016
A safra atual de cana no Brasil: uma safra para não esquecer II
Neste post vamos comentar sobre a produção e comercialização de açúcar. Neste caso, estamos tratando de um recorde histórico. O Brasil deve produzir cerca de 40 mi t de açúcar. Deste total deve exportar no mínimo 28 mi t. O último recorde de exportação de açúcar do País foi na safra 2010/11 quando esta alcançou 27,5 mi t.

A safra atual de cana no Brasil: uma safra para não esquecer II

O Brasil deve produzir cerca de 40 mi t de açúcar . Deste total deve exportar no mínimo 28 mi t. O último recorde de exportação de açúcar do País foi na safra 2010/11 quando esta alcançou 27,5 mi t.

Quanto ao abastecimento do mercado interno, este deve conviver durante todo o ano safra com oferta restrita. E consequentemente com preços relativamente altos .

E falando de preços vamos ver o que está acontecendo.

Nesta safra, ou seja, no período Abril/16 – Out/16 os preços do açúcar no CSUL estão 65% mais altos que no mesmo período da safra passada. Na região Nordeste esta diferença é de 55%. Na região CSUL o preço da saca de açúcar-50kg já alcançou R$100,00 valor este impensável até agora. O açúcar valorizado como está cria a tentação de roubo. Isto já aconteceu no passado. E neste País onde ladrão vinha predominando (espero que isto mude bastante) devemos considerar esta possibilidade.

Qual o risco do negócio de açúcar neste momento? O preço do açúcar no mercado externo sofrer uma queda e isto derrubar o preço no mercado interno. Se isto acontecer a receita de açúcar na safra será menor sem comprometer o resultado do negócio. Para o consumidor uma queda de preços será bem vinda.

Conclusão: é um momento especial para o setor de cana no Brasil. A situação econômico-financeira do setor está melhorando muito e rapidamente. Os bancos, que naturalmente fugiram de negócios com o setor, já sinalizam um retorno ao financiamento da atividade.

Mais uma vez lembramos: a cana de açúcar produz commodities. E commodities tem ciclos de preços altos e baixos. Boa estratégia empresarial, boa administração do negócio e boa gestão de riscos (neste mundo onde tem predominado incertezas e riscos) vai fazer a diferença entre mortos, feridos e sobreviventes bem sucedidos no negócio de cana, açúcar e etanol.

Em nosso próximo post vamos comentar sobre etanol. Este sim, é um mercado que traz incertezas e risco para o produtor. Existem muitas variáveis que vão afetar o rumo dos negócios.

 

 
 
 
 
 
 
Nome
Cidade
 
 
E-mail
 
Onde nos conheceu?
 
 
   
 
 
55 (11) 3284 9500 / jobeconomia@jobeconomia.com.br / skype: job.escritorio
JOB Economia desde 1994. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização. Criado por DRW Integrada
 
Institucional
Produtos
Serviços
Contato
Redes Sociais